Santa Catarina

Aluno é investigado por ameaça de “massacre” em escola de SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Nessa quinta-feira (30), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Lages, deu cumprimento a mandado de busca e apreensão de um menor de idade, que teria divulgado ameaças de provocar um “massacre” em uma escola de Lages.

RECEBA NOTÍCIAS EU SEU WHATSAPP, CLIQUE AQUI

Os policiais da DIC estavam em uma ocorrência de receptação qualificada quando tomaram conhecimento, por meio da direção do Centro de Educação Profissional, que um dos alunos havia divulgado ameaças de efetuar um atentado contra alunos e professores. Imediatamente os policiais passaram a colher informações acerca dos fatos, qualificando o aluno e buscando identificar a veracidade das ameaças.

RECEBA NOTÍCIAS DO ALTO VALE E SANTA CATARINA PELO TELEGRAM

Durante toda a noite e início da madrugada, a equipe efetuou diligências e representou pela busca e apreensão do celular do menor e de outros objetos que pudessem evidenciar o plano de ataque à escola. Foi deferido o pedido pelo Poder Judiciário e dado cumprimento ao mandado.

Na residência, foi apreendido o celular do menor, além de um simulacro de fuzil, um canivete e alguns estojos de munição. O menor e sua mãe foram encaminhados à DIC onde prestaram depoimento e depois foram liberados. O menor alegou que tudo não passou de uma brincadeira que estava fazendo com amigos por meio de aplicativo de mensagem.

As investigações prosseguem para esclarecer os fatos. O celular apreendido será encaminhado para perícia, a fim de comprovar se havia um plano de ataque à escola ou se tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto.

Fonte: SCC10


Comente