Santa Catarina

Após matar filho de 3 anos, homem tira a própria vida e deixa carta para mãe, em SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Um homem de 30 anos matou o filho e depois tirou a própria vida em Joinville, no Norte de Santa Catarina. A Polícia Civil registrou a ocorrência na rua Olga Trusz Sboinski, no bairro Parque Guarani.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Conforme o delegado da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Joinville, Rafaello Ross, o crime teria ocorrido por volta das 22h de sexta-feira (30). O homem matou o filho de apenas 3 anos com um corte no pescoço. Ele também deixou um bilhete na cena do crime.

“A mãe da criança tentou entrar na casa e a porta estava trancada. Ela pediu ajuda de uma vizinha e ao adentrar viu o bilhete que dizia: ‘o que eu fiz com a minha vida e a do nosso filho é culpa sua, agora você pode ser feliz com quem quiser ou se juntar a nós”, contou o delegado ao ND+.

Ainda conforme Ross, o corpo da criança estava em um quarto com o ferimento no pescoço. A arma utilizada foi uma faca de cozinha, localizada ao lado do corpo. O pai da criança foi encontrado na lavanderia.

O delegado apurou a informação de que o casal, que tinha uma união estável, estava em crise. A mãe da criança, de 22 anos, trabalhava e o homem estava desempregado.

“Eles estavam juntos há cerca de cinco anos e o que nos foi repassado é que a união estava em crise por conta de que ele não estava trabalhando. Ela já tinha pedido para ele sair de casa, o que não ocorreu, vindo a cometer o crime”, acrescenta Ross.

Ainda segundo o delegado, a polícia achou um vídeo em um celular. Neste vídeo, o homem se despedia da mulher e havia imagens da criança brincando. O aparelho será periciado.

O IGP (Instituto Geral de Perícias) esteve no local do crime. Os corpos da criança e do homem foram encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal). A Polícia Civil vai continuar investigando o caso. Inicialmente, o caso está sendo tratado como homicídio seguido de suicídio.

Fonte: ND+


Comente