Santa Catarina

Após práticas de irregularidades, postos terão que vender gasolina a preço de custo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Oito postos de combustíveis vão comercializar 20 mil litros de gasolina comum e aditivada a preço de custo, neste sábado (9), em Florianópolis. A venda vai acontecer por 24 horas ou no período normal de funcionamento do estabelecimento. Essa ação é resultado do cumprimento à medida compensatória exigida pelo Procon Municipal, em razão da paralisação dos caminhoneiros e da interrupção do abastecimento de combustíveis ocorridas há um mês.

RECEBA NOTÍCIAS EU SEU WHATSAPP, CLIQUE AQUI

Dos 12 postos da Capital notificados pelo Procon por práticas de irregularidades, oito aceitaram cumprir a medida e quatro a rejeitaram.

RECEBA NOTÍCIAS DO ALTO VALE E SANTA CATARINA PELO TELEGRAM

Veja quais segundo informações do diretor do Procon, Tiago Silva:

Sul da Ilha

  • Posto Novo Campeche: Rodovia Doutor Antônio Kuiz Moura Gonzaga, Rio Tavares
  • Posto Galo – Ávila: Rodovia Francisco Magno Vieira, Costeira

Norte

  • Posto Rio Vermelho: João Gualberto Soares, Rio Vermelho
  • Posto Bom Jesus: Rodovia SC-403, Vargem do Bom Jesus

Central

  • Posto 5 Estrelas: Rua Deputado Antônio Edu Vieira, Pantanal
  • Posto Angeloni: Rua Lauro Linhares, Trindade
  • Real Auto Posto: Avenida Madre, Santa Mônica

Leste

  • Posto Galo: Rua Henrique Veras do Nascimento, Lagoa da Conceição

Comprovação

Para comprovar ao Procon Municipal o cumprimento da medida compensatória, os postos terão que, além de efetuar as vendas de gasolina por 24 horas ou no período normal de funcionamento do estabelecimento com valor de custo da compra do dia, apresentar a nota fiscal de aquisição dos produtos.

Fonte: SCC10


Comente

banner-delta-ativa