Câmara de Vereadores de Taió

Assistência Social é destaque em sessão da Câmara de Taió

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O Secretário Municipal de Assistência Social, Jeferson Kniess participou da sessão da Câmara de Vereadores de Taió para esclarecer procedimentos e informar os trabalhos realizados dentro da pasta, no período do início do ano até o presente momento. O secretário falou sobre a regulamentação dos atendimentos de média complexidade, sobre a situação dos cemitérios municipais e também a média de atendimentos mensais prestados pela Assistência.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

A participação iniciou com esclarecimento sobre a vedação de distribuição de leite e dietas especiais, como é o caso de fórmulas especiais para as famílias que necessitam. Kniess esclareceu que por força de lei, esse serviço não pode ser prestado pela secretaria que comanda. “Segundo a lei 3.656/2013 essas provisões fazem parte da política de proteção básica à saúde”, declarou.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Atendimentos

A Assistência Social tem mantido uma média de 200 famílias atendidas no município. O secretário informou que esse número chegou a ser maior, 500 famílias. Segundo ele a identificação dos problemas ajudou a tirar muitas pessoas dessa situação. “Hoje são mais de 200 famílias que utilizam dos serviços da Assistência Social, isso entra Bolsa Família, cesta de alimentos básicos e em alguns casos auxílio moradia, conforme análise da equipe de assistentes sociais”, declarou.

Média Complexidade

O secretário também explicou que a Secretaria tem realizado atendimento de atenção básica através Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), da alta complexidade através da Casa Lar e também tem procurado fazer melhorias em atendimentos de média complexidade. Em breve um projeto de lei deve ser encaminhado à Câmara para a regulamentação de atividades e implementação de melhorias. “Estamos montando essa lei para que possamos ter uma equipe que atenda à demanda que temos, pois não tínhamos esse atendimento [média complexidade] regulamentado, conto com o apoio dos vereadores”, disse.

Cemitérios Municipais

O tema cemitérios municipais, que até o fim de 2021 ainda são de responsabilidade da Secretaria, também entrou na pauta. O secretário informou que o Município tem estudado maneiras de aproveitar melhor a área do cemitério Campo Santo, enquanto não adquire novo terreno com as licenças necessárias. “Utilizaremos aquele espaço ainda vazio em mais uma leva de carneiras e existe a ideia de trabalhar com gavetas na parte lateral do cemitério para otimizar o espaço, enquanto não há perspectiva de aquisição de um novo terreno”, concluiu o Secretário.

A partir de 2022 a manutenção dos cemitérios municipais em Taió passará a ser responsabilidade da Secretaria de Obras, conforme projeto de lei ordinária (PLO 016/2021) aprovada recentemente pela Câmara de Vereadores.

Fonte: Câmara de Vereadores


Comente