Pouso Redondo

Associação Empresarial de Pouso Redondo participa de evento para o retorno dos voos na Serra Catarinense

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Os voos na Serra Catarinense voltaram a ser assunto entre os empresários após o anúncio da Azul Linhas Aéreas de que irá operar voos no Aeroporto Regional do Planalto Regional, em Correia Pinto (SC). Desta vez, o tom foi de comemoração, já que região está sem voos desde março de 2020.

> Receba notícias do Alto Vale pelo WhatsApp

O retorno dos voos da Azul é o resultado da união entre lideranças empresariais e políticas que, desde o anúncio da redução dos voos no Aeroporto Federal Antonio Correia Pinto de Macedo, em Lages (SC), empreenderam esforços para a retomada dos voos que ligasse a Serra Catarinense aos grandes centros do país.

> Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

A ACIL, CDL e Fórum das Entidades tiveram a participação efetiva de seus representantes em diversas reuniões e alinhamentos que resultaram na alteração da lei que dispõe sobre a redução da base de cálculo do ICMS para combustíveis de aviação e que viabilizou os voos da Azul no Aeroporto Regional, em Correia Pinto, a qual foi formalizada através da Lei nº 18.045/2020.

No Alto Vale do Itajaí, a Associação Empresarial de Pouso Redondo (AEPR) teve uma participação importante para esse resultado, onde articulou nas conversas com outras entidades da região.

Essa alteração foi possível, devido a dedicação especial do deputado Marcius Machado, da Deputada Carmen Zanotto, do subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, do gerente de Infraestrutura Aeroviária da Secretaria de Estado da Infraestrutura, George Picinato, do Secretário da Fazenda, Paulo Eli, do Prefeito Antonio Ceron, do coordenador da Comissão Pró Voo e vice-presidente de Infraestrutura da ACIL, Anderson de Souza, que juntos construíram as alterações de forma que ficasse atrativa para as companhias aéreas.

Assim que foi tornada pública a decisão da Azul Linhas Aéreas, o Prefeito Antonio Ceron entrou em contato com o presidente da ACIL, Carlos Eduardo de Liz, e de forma muito entusiasmada agradeceu as intervenções da associação para que os voos retornassem para a região. Já para o presidente da ACIL, a preocupação não é quem fez, mas sim, quando os voos serão retomados.

Segundo o coordenador da Comissão Pró Voo, Anderson de Souza, esta é uma grande vitória para a ACIL, mas devemos reconhecer os esforços de todos os envolvidos para tornar os voos viáveis. “Esse foi um grande esforço da ACIL, CDL e Fórum das Entidades que contaram com importantes apoios como o de Marcius Machado que fez uma proposição de mudança da lei de incentivos que foi o embrião da lei atual; de Carmen Zanotto que organizou a reunião com a Azul, Paulo Eli, entre outros, para tentar sensibilizar a Azul a retornar; em especial, ao George Picinato que tocou a questão mais técnica da obra do aeroporto de Correia Pinto e, sobretudo, ao Juliano Chiodelli que conseguiu articular a mudança da lei de incentivos que encaixou como uma luva para vinda da companhia”, destacou.

O Assessor Especial da Presidência da Azul Linhas Aéreas, Ronaldo Veras, destacou o Aeroporto de Correia Pinto conta com uma boa estrutura, uma bela pista e estrutura de apoio “Tudo isso aliado ao programa de incentivo a viação regional. O Estado tem um programa muito interessante com a redução do ICMS do combustível da aviação, considerando que grande parte do custo do voo é o querosene de aviação. Em breve estaremos passando mais novidades e vamos voltar conectando os municípios da região a Campinas e ao mundo”, declarou ele.

Com informações de Notícia no Ato


Comente