Coronavírus

Bebês são as maiores vítimas fatais de Covid-19 em SC entre crianças

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A revisão de dados sobre óbitos causados pela Covid-19, pela Secretaria de Estado da Saúde, aponta que os bebês são as maiores vítimas da pandemia entre crianças e adolescentes em Santa Catarina. Desde o ano passado, nove bebês com menos de um ano de idade morreram após contrair o novo coronavírus no Estado.

Grupos de notícias no WhatsApp ou Instagram

O cruzamento de informações feito pelo colega Cristian Weiss, jornalista especializado em dados, pesquisador da Deutsche Welle e responsável pelo monitoramento do números do coronavírus no NSC Total, aponta que dois terços das mortes ocorreram este ano. Seis bebês morreram em 2021, contra três em todo o ano passado. 

O número de óbitos informado pelo Estado para essa faixa etária quase dobrou depois que os dados foram revistos pela Diretoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Dive). A reanálise foi necessária porque havia equívocos no registro de idade das crianças que foram vítimas fatais da Covid-19. Até então, cinco bebês com menos de um ano constavam no sistema.

Depois da revisão, divulgada na noite de quinta-feira (11), entraram na lista de mortos um bebê de Chapecó, com um mês de vida, um bebê de Itajaí, com sete meses, outro de Morro da Fumaça, com três meses, e um bebê de 10 meses, de Criciúma.

Fonte: NSC Total


Comente