Entretenimento

Carismático, Lewis Hamilton homenageia Ayrton Senna e vira dono do GP São Paulo de F1

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Lewis Hamilton foi “o” cara de Interlagos neste domingo (14). Sempre deixando clara sua admiração por Ayrton Senna, a quem sempre considerou seu maior ídolo, o piloto britânico repetiu o gesto do nosso eterno tricampeão e levou a bandeira do Brasil para o lugar mais alto do pódio.

O final de semana começou com Hamilton sendo desclassificado por um irregularidade no DRS. Desta maneira, ele largou em último na Sprint Race. Nas 24 voltas desta novidade da F1, o britânico ultrapassou 15 carros e chegou em quinto. No entanto, por trocar uma peça do motor, ele perdeu cinco posições e largou em décimo.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

E foi neste domingo que Hamilton provou, mais uma vez, sua grandeza. No final da primeira volta, já havia pulado para sexto. No final da terceira, já assumiu a quarta colocação. Em questão de minutos, tinha apenas o holandês Max Verstappen na sua frente.

Após as duas trocas de pneus, Hamilton foi pra cima. Na primeira tentativa, Max o “jogou” para fora da pista. Na segunda, no entanto, ultrapassou e abriu para não perder mais. Ainda na pista, Hamilton imitou Senna e foi até os boxes empunhando a bandeira do Brasil, gesto que foi eternizado por Ayrton diversas vezes, inclusive em Interlagos. Já ao subir no pódio, o britânico seguiu com a bandeira do nosso país, recebendo o troféu com ela cobrindo suas costas. A comemoração e os gestos vibrantes do heptacampeão eram acompanhados por gritos de “Senna! Senna! Senna!”.

Agora, vale lembrar do que ocorreu fora das pistas. No período que antecedeu o GP São Paulo, Hamilton fez questão de exaltar o seu grande ídolo nas redes sociais. Em uma montagem, se colocou ao lado de Ayrton Senna andando pelos boxes de Interlagos.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

“Minha maior inspiração. Isto era sobre como ele corria, a sua paixão pela vida e pelo esporte. Mas, mais do que tudo, foi a maneira como ele enfrentou sozinho um sistema que nem sempre foi gentil com ele. Que o legado de Ayrton Senna viva para sempre, especialmente de maneira vibrante neste fim de semana”, escreveu Hamilton.

Em outra, apresentou o seu capacete com detalhes em amarelo dos lados e as três listras em verde, amarelo e azul do capacete de Senna na parte superior. Por fim, escreveu “Eu te amo, Brasil” em português ao abordar, novamente, seu amor por Ayrton.

Um final de semana inesquecível em Interlagos. Obrigado, Lewis Hamiltion. Senna vive!

Fonte: MKT Esportivo


Comente