Santa Catarina

Catarinenses são as primeiras do Brasil a conseguirem Licença-maternidade de 8 meses

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

“Um dia histórico!” É assim que inicia o anúncio do deputado Jorge Goetten após conseguir dar o direito para duas mulheres de Itajaí a terem oito meses de licença-maternidade.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

A Ana Paula da Rocha, 34 anos, tem um filho de um mês, o Don Luca, mas é a quinta gravidez dela. A Adriana da Conceição Bispo está grávida de sete meses da Valentina. As duas trabalham nas Empresas Minister há cerca de dois anos. Com a anuência do sindicato, o deputado formalizou a licença maternidade estendida para elas.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

“Como eu digo, a gente tem que praticar o que fala. Espero que sejam as primeiras de muitas! É uma ideia semelhante ao Projeto de Lei que propus em Brasília enquanto estive Deputado Federal: o salário é diluído em 8 meses, em vez de 4, aumentando o período de amamentação e cuidado com a criança, sem o medo da demissão na volta.”

Escreveu Jorge Goetten

Goetten também agradeceu a todos os envolvidos que ajudaram

“Quero agradecer também a Patrícia Vanderlinde, do gabinete em Brasília, que ajudou a desenvolver a ideia. E à Rose Cesconetto que fez toda a mediação com o sindicato aqui em Itajaí!Viva a maternidade e o cuidado com os bebês!”

Finalizou o deputado


Comente

banner-delta-ativa