Santa Catarina

Chuva causa prejuízos, alagamentos e deslizamentos de terra em SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A chuva entre a noite de terça (8) e a manhã desta quarta-feira (9) provoca estragos e deixa o trãnsito interditado em várias cidades de Santa Catarina. Há registro de ocorrências em ao menos 10 cidades da Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Litoral Norte.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Foto: Paulo Mueller/ NSC TV

As prefeituras e a Defesa Civil trabalham para desbloquear ruas, retirar moradores das residências afetadas e contabilizar os prejuízos. Não há registro de feridos.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Grande Florianópolis

Canelinha é uma das cidades mais afetadas pela chuva. Até o início da manhã, 17 pessoas foram resgatadas por conta dos alagamentos em vários bairros. Foram registrados também deslizamentos e queda de postes. Os desabrigados estão sendo levados para uma estrutura montada pela prefeitura.

Por conta dos problemas causados pela chuva, a prefeitura cancelou as aulas na rede municipal e o fornecimento de energia e água estão interrompidos. Das 5.405 unidades consumidoras na cidade, 2.724 estavam sem luz às 7h35.

Segundo o prefeito Diogo Francisco Alves (PSL), os transtornos começaram por volta das 10h e ao longo do dia o número de atingidos pode aumentar.

Em Florianópolis, as principais vias de acesso para as regiões Norte e Sul da cidade estão bloqueadas por conta de alagamentos na via. Entre elas, a SC-405 foi interditada perto das 8h30 para o escoamento da água. No bairro Ingleses, casas também foram alagadas.

Na cidade vizinha, em São José, o rio próximo ao bairro Forquilhinhas transbordou e bloqueou as principais vias da região. A Guarda Municipal e Polícia Militar sinalizam o trânsito. Na cidade, há informações sobre casas alagadas.

São João Batista, Biguaçu e Tijucas também registraram problemas por conta da chuva.

Vale do Itajaí e Litoral Norte

Já em Brusque, a Defesa Civil municipal atendeu sete ocorrências desde a madrugada. Quatro pedidos foram relacionados a alagamentos em ruas, dois deslizamentos de terra e uma queda de muro. Os bairros mais atingidos foram Limeira e 1º de Maio.

Em Itajaí, 18 ocorrências foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC) até a manhã desta quarta. Os pedidos de ajuda se concentraram nos bairros Paciência, Fazenda, Dos Cunha, Brilhante e Limoeiro e são relacionados a queda de árvores, alagamentos e deslizamentos.

Em decorrência das fortes chuvas na noite desta terça, a cidade de Balneário Camboriú registrou pontos de alagamento na Avenida das Flores. Houve também um deslizamento de terra na Avenida Panorâmica, que motivou o isolamento temporário do local.

A cidade de Camboriú também registrou prejuízos. Segundo a Defesa Civil municipal, ao menos 13 ruas foram afetadas com alagamentos pontuais.

Segundo a Defesa Civil estadual, a chuva permanece em todas as regiões nesta quarta (veja a previsão completa abaixo).

Previsão do tempo

A previsão do tempo para quarta-feira indica chuva persistente em todas as regiões. Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina, há chance de temporais especialmente nas cidades próximas do Litoral. Por isso, o risco de alagamentos, deslizamentos de terra e ocorrências associadas a chuva volumosa é classificado como moderado a alto.

Fonte: G1/SC


Comente