Santa Catarina

Cidade de SC emite alerta após surto de Mão-Pé-Boca em oito escolas

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Um surto de casos da Síndrome Mão-Pé-Boca, doença viral que causa lesões na boca, mãos, pés e região dos glúteos, tem deixado moradores de Chapecó, no Oeste do Estado, preocupados. Ao menos oito escolas já registram casos da doença. Até o momento já são 63 casos na cidade. O nome das escolas não foi informado pela prefeitura. A Vigilância Epidemiológica do município emitiu alerta e as crianças com a doença foram afastadas. As escolas foram orientadas a realizar higienização dos locais e sobre os cuidados aos pais.

RECEBA NOTÍCIAS DO ALTO VALE E SANTA CATARINA PELO TELEGRAM

De acordo com a Vigilância, a doença é comum em crianças abaixo de 5 anos, mas pode aparecer em qualquer idade. Os sintomas, geralmente, são febre, vômitos e diarreia. A transmissão se dá por via fecal/oral, por meio do contato direto entre as pessoas ou com as fezes, saliva e outras secreções, ou então através de alimentos e de objetos contaminados. Mesmo depois de recuperada, a pessoa pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas. O período de incubação oscila entre um a sete dias.

RECEBA NOTÍCIAS EU SEU WHATSAPP, CLIQUE AQUI

Fonte: Clic SC


Comente