Esporte

Com gol aos 51 minutos, Chapecoense vence Confiança e é campeã da Série B

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O dia 29 de janeiro de 2021 entrou para a história da Chapecoense. O gol de pênalti marcado por Anselmo Ramon, com uma cavadinha, aos 51 minutos do segundo tempo, deu a vitória por 3×1 sobre o Confiança, na Arena Condá, e também o primeiro título nacional do clube catarinense.

Faça parte do nosso grupo de Notícias no WhatsApp, clique Aqui!

O Confiança se despediu na 15ª colocação, com 46 pontos, atingindo o objetivo de permanecer na divisão para 2021.

A Chapecoense precisou de apenas três minutos para abrir o placar na Arena Condá. Denner cruzou rasteiro, Anselmo Ramon dominou na marca do pênalti e mandou no cantinho. Rafael Santos demorou para pular e não conseguiu evitar o gol.

Mesmo na frente, a Chapecoense continuou em cima. Denner desviou cruzamento e viu a bola explodir no travessão. Depois, Anderson Leite e Mike levaram perigo. O Confiança só acordou nos minutos finais, esboçou uma pressão e viu João Ricardo evitar o empate em chute de Serginho.

Apesar da Chapecoense ter a necessidade de um placar mais elástico, quem voltou mais ligado do intervalo foi o Confiança, que empatou aos dez minutos. Altemar cruzou e Reis apareceu livre dentro da área para, de cabeça, deslocar João Ricardo.

E quase que o Confiança virou. Alyson recebeu de Rafael Vila e parou em João Ricardo. Aos 33 minutos, Anselmo Ramon cruzou e Perotti, de carrinho, colocou a Chapecoense mais uma vez na frente. Faltava um gol para o inédito título, o que fez com que a partida ficasse aberta.

Perotti ainda teve um gol anulado aos 42 e na sequência o Confiança perdeu uma chance incrível com Ari Moura. Já no último lance, Bruno Silva foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Anselmo Ramon cobrou com ‘cavadinha’ e marcou o gol do título.

Fonte: https://jc.ne10.uol.com.br/


Comente