Santa Catarina

Conheça as cobras que têm assustado os moradores de SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Com a chegada do verão a captura de cobras se torna mais recorrente. É que após passarem o inverno abrigadas para se proteger do frio, ela aproveitam os dias mais quentes para sair do ninho. O objetivo é buscar comida e nesse “passeio” acabam cruzando o caminho das pessoas.

O reflexo disso é sentido no Corpo de Bombeiros, que atende inúmeros chamados para captura de animais peçonhentos. No Brasil são 442 espécies de cobras, das quais 84 podem ser encontradas no Estado. Confira  algumas delas que deram trabalho aos socorristas em SC:

1- Cobra é encontrada em embalagem de brócolis em Brusque

Uma mulher encontrou uma cobra d’água dentro de uma embalagem de brócolis, em Brusque, no Vale do Itajaí. O caso aconteceu no início de outubro de 2020. A consumidora só percebeu a presença do animal ao chegar em casa, após comprar o produto.

2- Moradores encontram cobra no meio da rua em Rio do Sul

Uma cobra caninana foi flagrada fazendo um “passeio” por uma rua do bairro Pamplona, em Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí. O animal foi encontrado por moradores durante uma tarde tranquila de dezembro. Os bombeiros fizeram a captura.

3- Cobra pica biólogo durante resgate em Jaraguá do Sul

Uma cobra foi resgatada por equipes da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente, no Norte do Estado. Durante a captura, a cobra canina, que não é venenosa, picou o sapato do biólogo, que gravou todo o momento da ação. O animal foi solta na mata, longe das casas.

4- Bombeiros capturam cobra jararaca no Vale do Itajaí

No segundo dia de 2021, uma cobra jararaca precisou ser capturada pelos bombeiros de Brusque. O animal estava perto das casas no bairro Azambuja. A espécie pode ser agressiva. Ela é responsável pela maioria dos acidentes envolvendo seres humanos.

5- Cobra vai sacar dinheiro em agência de São Francisco do Sul

Funcionários de uma agência bancária de São Francisco do Sul, Litoral Norte do Estado, levaram um susto ao serem surpreendidos por uma cobra. O animal entrou no prédio e somente os bombeiros conseguiram fazer a remoção.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, é comum que cobras e outros animais apareçam em áreas habitadas pelo homem no verão. Por isso, alguns cuidados são importantes nesse período. Confira:

Medidas preventivas

– Evite o acúmulo de lixo e entulho;
– Mantenha jardins e terrenos baldios limpos;
– Apare o gramado e recolha folhas caídas;
– Coloque lixo em sacos plásticos e feche-os corretamente;
– Vede aberturas da casa podem facilitar o acesso dos animais, como soleiras de portas e ralos;
– Examine roupas, calçados, toalhas e roupas de cama antes de usá-las;
– Evite andar descalço;
– Use luvas de proteção ao trabalhar com materiais estocados, como lenha, por exemplo.

Primeiros Socorros

– Lave o local com água e sabão;
– Mantenha a vítima em repouso absoluto. Não a faça caminhar ou correr;
– Remova anéis, pulseiras, braceletes e outros adornos;
– Se a vítima estiver consciente, ofereça água para ela beber;
– Eleve o local afetado;
– Se possível, leve o animal para identificação, mesmo morto;
– Assim que possível ligue para o Centro de Informações Toxicológicas – 0800-643-5252;
– Leve a vítima ao pronto-socorro imediatamente;
– O Corpo de Bombeiros é acionado pelo telefone 193.

Não faça

– Não amarre o membro ou faça torniquete;
– Não corte o local da picada;
– Não chupe o local da picada;
– Não coloque substâncias no local da picada.


Comente