SC

Educação de SC é considera a 2ª melhor do país

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Santa Catarina foi reconhecida com o prêmio “Destaque Internacional” do Ranking de Competitividade dos Estados, por ser a unidade da Federação com mais indicadores acima da média da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Organizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), o levantamento aponta ainda que o Estado possui a segunda melhor Educação do Brasil. O prêmio foi recebido pelo governador Carlos Moisés nesta quinta-feira, 30, em São Paulo.

“O fato de ter uma entidade independente e de credibilidade como o CLP reconhecendo esses méritos de Santa Catarina é mais um indicativo de que estamos no caminho certo. Nós trabalhamos não para competir com outros estados, porque somos um Brasil só, mas para melhorar a vida das pessoas. Nosso governo atua com indicadores desde o início e, quando comparados à média internacional, especialmente à Europa, fica evidente que Santa Catarina pode subir a régua”, afirmou Carlos Moisés.

“Santa Catarina acredita que a Educação é o principal meio de evoluirmos como sociedade, por isso trabalhamos sempre em busca dos melhores resultados. Este reconhecimento é fruto de muito trabalho de nossos professores e de todos os profissionais que atuam nas escolas. Mais do que comemorar, queremos utilizar este relatório para saber como podemos avançar ainda mais para uma educação de qualidade”, disse o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

Entre os principais destaques, Santa Catarina atingiu nota máxima nos indicadores Avaliação da Educação, que considera os métodos de análise da qualidade de educação básica, e Taxa de Atendimento do Ensino Infantil, que considera a proporção de crianças na faixa etária de 0 e 5 anos frequentando a escola, segundo o IBGE.

Além disso, o Estado subiu duas posições no ranking que avalia o Índice de Oportunidade da Educação, que mede a qualidade das oportunidades educacionais oferecidas por municípios e estados. O desempenho dos estudantes catarinenses no ENEM, que utiliza dados divulgados pelo INEP, também teve reconhecimento positivo.

Ainda segundo o levantamento, Santa Catarina pode melhorar a nota no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e no índice de frequência dos alunos no Ensino Médio. Para isso, a Secretaria de Estado da Educação (SED) está investindo na valorização de professores, com formações adequadas à nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e no aumento da remuneração docente, além da criação do Bolsa Estudante para incentivar a permanência dos alunos na escola e o Novo Ensino Médio para tornar a educação mais atrativa.

Santa Catarina acima da média

Entre os dez pilares do levantamento, Santa Catarina obteve o primeiro lugar em dois (Segurança Pública e Sustentabilidade Social), segundo lugar em dois (Eficiência da Máquina Pública e Educação) e terceiro em mais dois (Infraestrutura e Inovação). Os demais pilares do ranking são Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado, Solidez Fiscal e Capital Humano.

Entre os três estados do Sul, o Estado lidera em sete dos dez pilares: Segurança Pública, Sustentabilidade Social, Eficiência da Máquina Pública, Educação, Solidez Fiscal, Infraestrutura e Potencial de Mercado. Nos demais, SC aparece em segundo lugar.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Os principais fatores que ajudaram Santa Catarina no ranking foram o fato de o estado ter a melhor avaliação da educação, maior cobertura vacinal, maior formalidade do mercado de trabalho, maior inserção econômica, e estar entre os estados com os menores índices de desnutrição e obesidade infantil, além do segundo menor custo de energia elétrica.

Avaliação independente dos entes subnacionais

De acordo com o Centro de Liderança Pública, o Ranking de Competitividade dos Estados é a primeira iniciativa do país a avaliar entes subnacionais do país a partir da adequação dos indicadores do Ranking de Competitividade dos Estados aos 17 objetivos do desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) e suas metas, bem como critérios ESG (environmental, social and governance) chancelados pela União Europeia.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

O Centro de Liderança Pública é uma organização suprapartidária que busca engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para enfrentar os problemas mais urgentes do Brasil. O CLP trabalha por um Estado que seja eficiente no uso de seus recursos e com respeito à coisa pública. O Ranking de Competitividade dos Estados é apoiado pela B3, com suporte nas pesquisas técnicas da Tendências, uma das maiores consultorias econômicas do Brasil.

Fonte: SCC10


Comente