Coronavírus

Eventos em residências não estão permitidos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A Secretaria de Saúde de Presidente Getúlio esclarece que a Portaria Estadual nº 455, que libera a realização de eventos, inclui apenas confraternizações feitas em estabelecimentos apropriados para este fim. Os locais deverão cumprir alguns requisitos, de acordo com as medidas sanitárias de combate ao coronavírus.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Confira quais são:

  • Lista de presença contendo: nome, documento de identificação, e-mail e telefone para disponibilizar às autoridades sanitárias quando necessário, mantendo registro enquanto durar a situação de emergência;
  • A capacidade máxima de lotação depende da matriz de risco regional:

Risco Gravíssimo: Lotação máxima de 60 pessoas com área mínima de 132 metros quadrados, funcionamento permitido das 6h até 23h;

Risco Grave: Lotação máxima de 80 pessoas com área mínima de 160 metros quadrados, funcionamento permitido das 6h às 23h;

Risco Alto: Lotação máxima de 100 pessoas com área mínima de 220 metros quadrados, funcionamento permitido das 6h às 24h;

Risco Moderado: Lotação máxima integral respeitando distanciamento interpessoal;

É obrigatória a disponibilização de dispenser com álcool em gel a 70% ou preparações antissépticas de efeito similar;

  • Convidados que apresentarem sintomas gripais não devem entrar no espaço;
  • Eventos ao ar livre devem criar um sistema que permita distanciamento de no mínimo 2 metros, exceto pessoas que moram na mesma residência.
  • Os alimentos e bebidas devem ser servidos preferencialmente em porções individuais, entregue aos convidados pelos garçons, devidamente paramentados. Está proibido o autosserviço (balcão self-service). Talheres devem estar embalados individualmente e pratos, copos e demais utensílios deverão manter-se protegidos.

Ressalta-se que não são permitidas comemorações em residências (aniversários, batizados, casamentos, entre outras confraternizações) salvo quando os integrantes forem coabitantes.

O descumprimento da portaria acarretará em abertura de processo administrativo sanitário, podendo culminar em multa.


Comente