Santa Catarina

Filha morre por Covid-19 cinco dias após a mãe em SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Morreu na madrugada desta segunda-feira (8) Maria Hostert, 49 anos, em Gaspar, no Vale do Itajaí. A costureira faleceu cinco dias após a morte da mãe, Elisabeth Hostert, 86, ambas vítimas da Covid-19. A irmã de Maria, Margareth Hostert, 53, segue internada com a doença na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Faça parte do nosso grupo de Notícias no WhatsApp, clique Aqui!

As três foram internadas com poucos dias de diferença. Margarete deu entrada no hospital no dia 22 de fevereiro. Dois dias depois, em 24 de fevereiro, Maria foi internada e no dia 26, foi a idosa.

— Minha mãe e minha tia fizeram o teste juntas e deu positivo. A mãe, no sétimo dia após o teste, começou a ficar sem ar. Levei ao hospital e no dia seguinte já foi entubada e está assim até hoje. Minha tia foi a mesma coisa, mas só foi entubada no sábado. Minha avó fez o teste, deu positivo. Estava tranquila, não sentia nada. Mas, de repente, foi para o hospital na sexta e no sábado foi entubada também — contou o filho de Maria, Luis Guilherme, ao G1 SC.

Mãe e filhas eram muito próximas. Margareth morava com a idosa e Maria vivia com a família na casa ao lado. As irmãs trabalhavam juntas em uma pequena confecção de costura.

Segundo o irmão das mulheres, Bernardo Hostert, o quadro de saúde de Margareth é instável. Ela segue intubada. A família não deu informações sobre o enterro de Maria. Ela deixa dois filhos.

Santa Catarina registrou 707.501 casos e 7.964 mortes pelo coronavírus. Em Gaspar, onde a família Hostert mora, 5.850 pessoas foram infectadas e 90 morreram.


Comente