Santa Catarina

Governador Carlos Moisés anuncia mudanças no auxílio emergencial e nos 350 milhões para rodovias

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O governador Carlos Moisés da Silva anunciou, nesta segunda-feira (10), as principais posições e medidas do período da atual administração.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Vai trabalhar na Assembleia Legislativa pela derrubada do veto da interina Daniela Reihner ao projeto que transfere 350 milhões de reais do Tesouro Estadual para a execução de rodovias federais em Santa Catarina.

Moisés conversou neste domingo (9) com o ministro dos Transportes, Tarcísio de Freitas, sobre os cortes de 50% no orçamento para as estradas federais. O ministro queixou-se da crise financeira e disse que terá apenas 5 bilhões de reais para a manutenção de toda a malha rodoviária federal.

O ministro prometeu negociação com a bancada federal para rever o cenário dos cortes através de emendas e de reforço financeiro.

Em relação à doação milionária, voltou a defender sua proposta, esclarecendo que se trata de autorização, e que as condições serão negociadas com o governo federal. Ele não aceita que os recursos sejam usados para desapropriações, enfatizando: “As obras tem que andar”.

Até quarta-feira (12) Moisés deverá revelar o conteúdo de medida provisória que vai alterar os critérios de concessão do auxílio emergencial para os catarinenses mais fragilizados atingidos pela pandemia da Covid-19.

Outra decisão: não pretende mudar as medidas de flexibilização no funcionamento de bares, restaurantes e eventos, decretadas pela governadora interina.

Sobre o coronavírus, vai intensificar a fiscalização, ampliar a vacinação e executar campanha para maior conscientização da população sobre as medidas de proteção sanitária.

A prioridade é reduzir o número de casos ativos da doença no Estado para viabilizar outras medidas de normalização da rede hospitalar.

Por MOACIR PEREIRA ND+


Comente