Caminhoneiros

Há risco de desabastecimento? Veja detalhes de paralisação dos caminhoneiros

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Com a paralisação de caminhoneiros prevista para a próxima terça-feira (7), feriado da Independência, crescem temores da população a respeito de possíveis desabastecimentos em supermercados e estabelecimentos do Estado.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

As manifestações devem ocupar rodovias em todo o país. Em Santa Catarina, a previsão é que elas se concentrem em, pelo menos, cinco cidades: Joinville, Itajaí, Biguaçu, Tubarão e Araranguá.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

“Vamos cercar na pista os caminhões, vamos pedir para os caminhões pararem”, comentou um dos líderes do movimento, o caminhoneiro Jair Ferraz, em reportagem ao ND+.

Ele garantiu, no entanto, que “produtos perecíveis, ambulância, ônibus, toda parte de remédio – isso aí nada vai impedir a passagem”.

Risco de desabastecimento?

Até o fim da tarde desta sexta-feira, a Acats (Associação Catarinense de Supermercados) afirmou que não tinha informações sobre possíveis desabastecimentos a partir do feriado.

Um levantamento preciso, segundo a entidade, só poderia ser feito na própria terça-feira.

Fetrancesc (Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina) também acredita que o abastecimento de estabelecimentos  não será afetado.

“Nós estamos sempre garantindo ao governo que, se tivermos seguranças nas estradas, as empresas vão continuar trabalhando e garantindo o abastecimento à população e todo o setor produtivo”, informou o presidente da federação, Ari Rabaioli.

Fonte: ND Mais


Comente