Taió

Homem é preso em Taió após ameaçar ex-mulher de morte e disparar tiros contra a residência

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A Polícia Civil deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de C.D pelo cometimento do delito previsto no artigo 24-A da Lei “Maria da Penha” – o conduzido descumpriu diversas medidas protetivas deferidas com o objetivo de resguardar a integridade física de sua companheira.

RECEBA NOTÍCIAS EU SEU WHATSAPP, CLIQUE AQUI

A investigação iniciou após a vítima procurar a Delegacia de Apiúna para relatar que seu ex-companheiro teria lhe ameaçado de morte e realizado disparos de arma de fogo nas proximidades de sua residência. Após a conclusão do Inquérito Policial foi representado ao Poder Judiciário de Ascurra pela prisão preventiva de C.D e pela busca e apreensão domiciliar na sua atual residência na cidade de Taió, pedidos integralmente deferidos pelo judiciário, com parecer favorável do Ministério Público.

RECEBA NOTÍCIAS DO ALTO VALE E SANTA CATARINA PELO TELEGRAM

A prisão ocorreu nas dependências de uma residência localizada na rua Antenor da Silva Althoff, bairro Padre Eduardo, cidade de Taió, tendo em vista que o suspeito estava na residência de seus familiares no momento que foi capturado pela equipe de Investigação Criminal da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Taió – que prestou apoio operacional para o cumprimento das ordens judiciais – vale externar que a prisão ocorreu após a realização de inúmeras diligências pelas cidades de Ascurra, Apiúna e Táio.

C.D ficará preso preventivamente por prazo indeterminado e foi encaminhado pela Polícia Civil ao Presídio Regional da cidade de Rio do Sul, ficando assim à disposição do juízo criminal da Comarca de Ascurra responsável pela expedição do mandado de prisão.


Comente