Alto Vale

Indígenas voltam a protestar às margens da BR-470 no Alto Vale

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Um grupo de índios Xokleng, da Terra Indígena Ibirama Laklaño, no Alto Vale do Itajaí, realizou um protesto nesta terça-feira (29) contra o projeto de lei que tramita no Congresso Nacional e trata da demarcação de terras indígenas. A proposta polêmica tem gerado manifestações de grupos indígenas por todo país nos últimos dias.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

A manifestação do grupo não é novidade. O ato, feito pelo grupo indígena, é sobre o processo que está tramitando no STF (Supremo Tribunal Federal) e trata sobre a ampliação da área indígena Terra Laklãno, que compreende terras em Vitor Meireles, Dr. Pedrinho, Itaiopólis e José Boiteux.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

A Terra Indígena Laklãno tem, atualmente, 14 mil hectares, porém os índios reivindicam outros 22 mil hectares apontados em um estudo da Funai como área historicamente pertencente à tribo.

Fonte: ND Mais/Rede Vale Norte de Comunicação


Comente