SC

Já ouviu falar?! Cidade de SC resgata tradição alemã e tem Papai Noel do Mato

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

As tradições natalinas iluminam casas, encantam os olhos e fazem muita gente voltar a ser criança, mas também podem assustar. Em Santa Catarina, imigrantes alemães trouxeram diferentes costumes, com significados bem peculiares.

De um lado a Weihnachtsdorf (Vila do Natal), que lembra o tradicional Weihnachtsmarkt (Mercado de Natal), que movimenta cidades alemãs desde o início de novembro. Do outro, a Pelznickelplatz (praça do Pelznickel), espaço que mantém uma tradição germânica trazida para o estado e mantida viva em Guabiruba, na qual a figura do Papai Noel é substituída pela do Pelznickel, conhecido como o ‘Papai Noel do mato’, ele tem ares sombrios e um jeito de dar medo.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Barba de velho, folhas de palha, roupa escura e um bastão. Ele vive no meio da floresta e não gosta de crianças desobedientes. Conta a tradição, que antigamente, em algumas regiões da Alemanha, pais lembravam os filhos da presença do Pelznickel para pregar a obediência e ajudar a regrar o comportamento, segundo a historiadora Sueli Petry.

No Vale do Itajaí não é diferente. Em Guabiruba, centenas de famílias visitam a Pelznickelplatz para lembrar os filhos que obedecer é muito importante. Em meio a sustos, gritos e risadas – da reação do outro – adultos e crianças caminham por trilhas escuras, entre arbustos, e se deparam com o Papai Noel do mato.

Entre um passo e outro aparece o “monstrengo”. Às crianças, ele pergunta se obedeceram e avalia se elas merecem ganhar presente de Natal. “O Pelznickel é um personagem que vem para cobrar obediência. Se a criança vai bem na escola, se ela chupa chupeta, Pelznickel não gosta”, explica Adailton Klan, organizador do evento.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

(Foto: Prefeitura de Guabiruba/Divulgação)

Fonte: G1


Comente