Taió

Lei Aldir Blanc de apoio a cultura destinou R$148 mil para Taió

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A Lei Aldir Blanc que prevê auxílio financeiro ao setor cultural foi regulamentada pelo governo federal em agosto de 2020. A iniciativa buscou apoiar profissionais da área que sofreram com impacto das medidas de distanciamento social por causa do coronavírus.

Grupos de notícias no WhatsApp ou Instagram

Foram liberados R$ 3 bilhões para os estados, municípios e o Distrito Federal que foram destinados a manutenção de espaços culturais, pagamento de três parcelas de uma renda emergencial a trabalhadores do setor que tiveram suas atividades interrompidas, e instrumentos como editais e chamadas públicas.

Após considerar também a necessidade de fomentar e amenizar a crise ocasionada pela Pandemia do Covid-19, para esses artistas que tem papel importante na sociedade, no desenvolvimento de atividades culturais de todos as formas atingindo todas as idades e classes do Município, a administração de Taió havia lançado o edital de Chamada Pública, após decreto de 11 de Setembro de 2020, para credenciamento destes artistas de todos os seguimentos e que atenderem os aspectos legais deste edital.

Os recursos extraordinários para o município de Taió, exclusivos para o setor cultural, de forma emergencial, conforme a Lei 14017/2020 Aldir Blanc e suas regulamentações, somaram o valor de valor de R$ 148.448,22. Os beneficiados com este auxílio gravaram vídeos demonstrando seu trabalho. Esse era um dos requisitos para obter os recursos.


Comente