Santa Catarina

Mãe e filha que deram à luz no mesmo mês em SC relatam correria em casa com ‘sensação de ter gêmeos’

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Duas catarinenses deram à luz seus filhos com menos de 20 dias de diferença na mesma maternidade de Tubarão, no Sul catarinense, no mês de junho. A mãe, Gisele Lima Demetrio, de 38 anos, e a filha, Daiane Fernanda Demetrio, 22, descobriram que estavam grávidas com pouco tempo de diferença.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

O primeiro a nascer foi Gael, filho de Daiane, no dia 5 de junho. No dia 23, nasceu Daimilly, que é tia do pequeno, irmã de Daiane e neta de Gisele.

“Eu cuidei dela e depois ela de mim. Foi a mesma sensação de ter tido gêmeos. Amo ser mãe e avó”, disse Gisele.

Daiane mora em Criciúma e a mãe em Pescaria Brava, ambas no Sul do estado. A filha resolveu se mudar de forma temporária para a casa da mãe para que uma cuidasse da outra.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Assim que Daiane e Gael tiveram alta, voltaram para a casa de Gisele. Após 18 dias foi a vez da mãe, Gisele. Daimilly nasceu prematura e teve que ficar cinco dias no hospital. Porém, logo que recebeu alta, todos puderam se encontrar. Além de Gael, Daiane também tem um filho de 2 anos.

Gisele disse que mais difícil foi dar atenção para as três crianças juntas.

“Cuidamos uma da outra tudo fazíamos juntas. Eram três [crianças] para trocar, três para dar banho. Fizemos uma equipe”, explicou Daiane.

Segunda vez

De acordo com Daiane, essa é a segunda vez que as duas ficaram grávidas juntas. Contudo, mãe e filha sofreram abortos. Passado um ano do ocorrido, Daiane engravidou e deu à luz Henrique, que hoje tem dois anos.

“Minha mãe estava tentando engravidar. Do nada eu descobri que fiquei grávida. Minha mãe, depois de saber [da minha gravidez], disse que não queria mais. Só que não deu outra, um mês depois ela descobriu que estava grávida”, relembra Daiane.

Segundo Gisele, a previsão era para que Gael nascesse no dia 30 de maio e Daimilly, em 13 de jullho.

“Ser avó e mãe ao mesmo tempo, depois de 15 anos, é tudo novo”, disse Gisele.

A chegada dos dois bebês foi na maternidade Nossa Senhora da Conceição. Ambos nasceram de parto normal, segundo a unidade de saúde. Após esses primeiros dias juntos, Daiane pretende voltar para casa e se adaptar à nova rotina.

Fonte: G1 SC


Comente