SC

Menino produz e doa máscaras a amigos em SC: ‘não queria que mais ninguém morresse’

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Em tempos de pandemia, os abraços e beijos têm sido substituídos por outros atos de carinho. E em Joinville, no Norte de Santa Catarina, um menino de apenas 8 anos encontrou a maneira perfeita de demonstrar cuidado e amor ao fabricar e distribuir máscaras aos amigos da escola.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Victor Krischanski vive em meio à confecção da família que, durante a pandemia, tem produzido milhares de equipamentos de proteção para os profissionais de empresas da cidade. E foi neste cenário que ele teve  vontade de também participar da produção.

“Ele vê a gente fazendo muitas máscaras e decidiu, por curiosidade, fazer também. Achou alguns retalhos, perguntou se poderia usar, fez o desenho, recortou e viu que ficou boa. Aí gostou e foi fazendo mais”, explica Adriana Krischanski no Nascimento, mãe de Victor.Victor se inspirou na mãe, que produz máscaras na confecção da família – Foto: Gladionor Ramos/NDTVVictor se inspirou na mãe, que produz máscaras na confecção da família – Foto: Gladionor Ramos/NDTV

O próprio menino explica como surgiu a ideia de doar as máscaras aos colegas. “Eu conversei com um amigo e ele disse que só tinha uma máscara, então eu falei ‘mãe, vamos doar para a escola?’ e ela disse ‘vamos’”, conta o pequeno.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

E não pense que ele só deu a ideia. Victor também ajudou na produção das 35 máscaras, em um processo que levou cerca de três horas. O motivo é simples e deve servir de inspiração: “eu já perdi dois tios por causa dessa Covid e não queria que mais ninguém morresse”, diz o menino.Carinho também marcou a entrega das máscaras – Foto: Adriano Mendes/NDTVCarinho também marcou a entrega das máscaras – Foto: Adriano Mendes/NDTV

A atitude é motivo de orgulho para a mãe, que não esconde a emoção. “Ele tem interesse em aprender as coisas e querer ajudar os outros. Tenho muito orgulho dele”, diz Adriana.

E a entrega das máscaras aos alunos da turma do segundo ano da Escola Municipal Professora Zulma do Rosário Miranda, no bairro Costa e Silva, foi também marcada pela emoção. Com bilhetinhos com a frase “quem ama cuida”, Victor distribuiu máscaras e chocolates aos amigos.

“Foi uma surpresa, ele me deixou encantada pela atitude”, diz a professora Silvania Kohn Vanderlinde. Agora, quem ver algum aluno da turma usando uma máscara verde, sabe que por trás há um gesto cheio de amor, carinho e cuidado.

Fonte: ND+


Comente