SC

Menino que caiu de atração abre os olhos e tem neurologista contratado por Beto Carrero

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Passados os primeiros momentos mais críticos após a queda do pequeno Enzo, de 6 anos, da estátua de Gorila do Beto Carrero World, em Penha, a defesa da família esclareceu sobre a relação com o parque e o apoio que tem recebido.

O menino caiu de uma altura de cerca de 4 metros ao subir na mão da estátua do Gorila, que é estática e os visitantes costumam posar para fotos. A família é de Curitiba (PR) e visitou o parque como presente de aniversário, a pedido da criança.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

De acordo com o advogado Eduardo Chede, a equipe do Beto Carrero tem apoiados os familiares e contratou um neurologista para atender Enzo exclusivamente. A estadia da família, que é de Curitiba (PR), em Itajaí, onde o menino está internado, também tem sido custeada pelo parque.

“Conversei com a Luana, mãe do Enzo, e ela disse que ontem ele abriu os olhinhos, está respondendo super bem aos estímulos. Eles estão muito agradecidos com todo o apoio que têm recebido”, destacou Eduardo.

Por enquanto, a defesa explica que não há interesse de mover uma ação processual contra o parque. Um boletim de ocorrência foi registrado para que a polícia investigue se houve negligência por parte do Beto Carrero.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

“O intuito não é arrancar dinheiro de ninguém, nem apresentar culpados. Vamos deixar nas mãos das autoridades, que com certeza farão uma análise séria dos fatos”, salientou o advogado.

O responsável pelo inquérito policial é o delegado Rodolfo Farah, que não vai comentar as investigações.

Novo boletim médico

Na manhã desta quinta-feira (24), o hospital Pequeno Anjo divulgou novo boletim médico sobre o estado de saúde do pequeno Enzo, que segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O menino sofreu traumatismo craniano, passou por cirurgia ainda no sábado e segue sedado, com um cateter na cabeça, respirando com a ajuda de aparelhos.

De acordo com novo boletim, o paciente está em processo de redução de sedação, estável hemodinamicamente e segue aos cuidados da equipe de terapia intensiva.

Fonte: ND+


Comente