Santa Catarina

Missa de 7º dia das vítimas do atendado em creche é antecipada

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A igreja matriz de Saudades, no Oeste catarinense, antecipou a celebração da missa de 7º dia das cinco vítimas do ataque a creche, que aconteceu no dia 4 de maio, para este domingo (9). A solenidade durou cerca de 1h30 e pôde ser acompanhada pelas redes sociais da paróquia Sagrada Família. Desde quarta-feira (5), dia seguinte ao ataque, missas estão sendo realizadas com as famílias das vítimas e a comunidade da cidade.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Pessoas que acompanharam a celebração lamentaram a morte de Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, Mirla Renner, de 20 anos, Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses. A solenidade teve início as 8h.

“Que nossa senhora abrace as mães que perderam seus filhos na tragédia e todas as mães cobre com seu manto sagrado”, escreveu uma fiel.

No altar foram colocadas as fotos e o nome dos homenageados. Em um dos cartazes, feito por membros da unidade educacional onde aconteceu o incidente, estavam os dizeres direcionados aos familiares das vítimas: “Se Deus encheu tua vida de obstáculos, é porque ele acreditou na tua capacidade de passar por cada um”.

Segundo a assessoria do Hospital Regional no Oeste, em Chapecó, onde o suspeito está internado, sua situação clínica é estável neste domingo (9). Mais detalhes não foram divulgados.

 Fotos: Paróquia Sagrada Família/Divulgação

Aulas suspensas

A prefeitura se reuniu na quinta-feira (6) com autoridades para discutir ações de segurança e apoio psicológico para a população da cidade após o ataque que deixou cinco vítimas e uma criança ferida. Segundo a prefeitura, houve a reivindicação de um maior efetivo da Polícia Militar para atender o município. Também foi definido que as as aulas no município ficam suspensas até o dia 14 de maio. O decreto foi publicado nesta sexta-feira (7).

Atividades no Centro de Educação Infantil Aquarela, local do ataque, e em outras duas unidades ficam suspensas, segundo o decreto municipal.

Por: G1 SC


Comente