Taió

Moradores de Taió relembram enchente de 1983

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Com o nível do Rio Itajaí atingindo marcas históricas com pouquíssima agua, é impossível não lembrar da maior enchente já registrada em Taió. O episódio ocorreu em julho de 1983. No dia 5 daquele mês, a chuva forte atingiu a região por cinco dias e o rio Itajaí-Açu atingiu 15 metros.

Todo o Vale do Itajaí foi atingido. Em Taió, cerca de 90% da zona urbana do município foi totalmente alagada. Em Rio do Sul, 400 casas foram arrastadas ou desapareceram.

Alguns taioenses usaram as redes sociais para relembrar da enchente que atingiu o município, para muitos, foi uma das maiores tragédias já vista na cidade.

Hector comentou que foi tudo muito rápido, ninguém podia imaginar que ficaria daquele jeito e que havia sido bem complicado.

Zita Herkann disse: “Eu trabalhava na Loja Comercial Taioense, onde hoje é JHS. Essa enchente veio da noite para o dia e pegou todos de surpresa. Teve muitas perdas de mercadorias.”

Outra moradora comentou que foi dias de muita tristeza para quem morava em Taió, e para os familiares que moravam longe. Pois ficaram incomunicáveis por 15 dias, e quando conseguiram foi através de um Rádio Amador de um conhecido. Não havia a facilidade de comunicação que existe atualmente.

A enchente de 1983 matou 49 pessoas e deixou 197.790 mil desabrigados em 90 municípios catarinenses, segundo a Defesa Civil do estado.


Comente