Animais

Mulher leva cachorra em estado terminal para um último passeio: “Queria dar a ela um adeus digno”

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

April e Libra viveram uma conexão difícil de ser quebrada. No último passeio da cachorra, uma linda foto ficou para ser guardada como lembrança.

O elo que crianças criam com os cachorros são tão poderosos que moldam a própria personalidade delas. Animais protegem os pequenos e indefesos da família e se tornam as melhores companhias para um ser humano em desenvolvimento.

Muitas pessoas têm histórias parecidas de conexões poderosas com os cachorros ou gatos da infância. Isso se resume em histórias engraçadas e na saudade que a partida de um ser tão especial teve na vida.

“Depois de passar uma vida inteira de companheirismo, tristezas e alegrias juntas, April Kramer e a fiel Libra tiveram que se separar. Vítima de um câncer recorrente e dores que não cessavam, a melhor escolha para a cadelinha era que ela deixasse de sofrer.”

A história foi reportada primeiramente em uma discussão no Reddit da própria April, e depois acompanhada por veículos de mídia americanos como ABC e Huff POst.

April cresceu tendo Libra como a melhor amiga. Uma verdadeira irmã que esteve ao lado dela em todos os momentos. Foram 15 anos de parceria. A cachorra se desenvolvia na mesma medida que a April amadurecia, e se tornava uma mulher. Esse tipo de conexão é algo que molda a personalidade de uma pessoa e torna a situação ainda mais complexa.

Com o passar dos anos, Libra não conseguia mais ter uma vida funcional sem que os sintomas da doença dela afetassem seu cotidiano.

Eram convulsões, desmaios, incontinência urinária, de acordo com um post em uma rede social, a família disse que essa foi a decisão mais difícil que já tomaram. Alguns tumores começaram a aparecer e se tornaram cancerígenos, o que tornou a vida dela ainda pior.

Fonte: Portal O Segredo

Comente