Santa Catarina

Mulher vítima de violência doméstica mata o marido e chama a polícia em SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Uma mulher matou o próprio marido a tiros na madrugada desta terça-feira (20), em Itajaí, e alegou legítima defesa por sofrer agressões. Ela ligou para a Polícia Militar, confessou o crime e foi presa em flagrante. Os dois eram casados há 20 anos.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Os policiais foram acionados por volta das 2h20min e seguiram até o imóvel do bairro Santa Regina. A solicitante contou que teve mais uma briga com o companheiro, ambos de 36 anos, e que como havia armas dentro de casa, ela disparou cinco vezes enquanto ele dormia.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Na sequência, pegou os dois filhos de 15 e 3 anos e foi para a casa do irmão. Ainda de acordo com as informações que ela passou à PM, a união estável durou 20 anos, mas com constantes ameaças e agressões. A mulher, inclusive, já havia registrado ao menos um boletim de ocorrência por violência doméstica em 2016. O homem também possuía passagens por outros crimes como porte ilegal de arma e tráfico de drogas, segundo a PM.

Horas antes do assassinato, ele teria agredido a companheira, tentado violentá-la e ameaçado os filhos com uma pistola calibre 45 e uma arma de choque. No local, a PM apreendeu duas armas de fogo, uma de choque, colete à prova de bala e 100 munições.

O caso agora fica sob a responsabilidade da Polícia Civil. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados até o fechamento deste texto.


Comente