Santa Catarina

Nuvem de gafanhotos está perto da fronteira com o Brasil, alerta Argentina

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Uma nova nuvem de gafanhotos está perto do Brasil. O alerta vem da Argentina, onde o grupo de insetos atua a poucos quilômetros do Rio Grande do Sul. Essa espécie é diferente da que se aproximou do Oeste de Santa Catarina neste ano.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

O governo da Argentina detectou a nuvem de gafanhotos em Campo Viera e Itacaruaré, na província de Misiones, na sexta-feira (27). Essas cidades ficam perto de Rincão Vermelho e Porto Xavier, no Rio Grande do Sul. O monitoramento é feito pelo Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa).

Os gafanhotos só deixaram estragos em lavouras de erva-mate por enquanto. Foram vistos em três fazendas de Campo Viera e em uma de Itacaruaré, mas sem deixar prejuízos, segundo fontes do país vizinho.

Técnicos do Senasa explicam que a espécie de gafanhotos que está no local é conhecida como tucura e tem como característica não avançar para grandes distâncias. Por isso, apesar da proximidade, há chances de a nuvem não chegar ao Brasil.

As orientações de especialistas do Brasil e da Argentina é que agricultores que perceberem a chegada dos insetos avisem às autoridades. A situação está sendo monitorada pelo Senasa desde o começo do ano, quando outros fenômenos semelhantes também foram detectados.


Comente