Sem categoria

Polícia Civil investiga suspeita de ataque à escola em SC

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Pais e familiares preocupados com mensagens que circulam sobre um possível ataque em uma escola no interior de Chapecó, procuraram o Grupo Condá de Comunicação para relatar o fato. De acordo com uma das mães, o filho chegou em casa e contou que havia um menino de aproximadamente 16 anos que ameaçava realizar um massacre na escola. 

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

Na escola há 263 alunos matriculados, da 1º ao 9º.

Segundo a mãe, o menino teria publicado em uma rede social uma foto de uma loja de armas onde colocou como legenda “comprando armas para o massacre @9 ano”, diz a legenda. 

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

Em contato com a Prefeitura do Município de Chapecó, a assessoria de imprensa informou que não vai se manifestar sobre o caso, mas As medidas preventivas foram tomadas pela Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade e pela Secretaria de Educação.

“Como é um caso de ameaça não vamos nos manifestar no momento. As medidas preventivas foram tomadas pela Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade e pela Secretaria de Educação”, diz a Prefeitura através da Assessoria de Imprensa.

Uma reunião com as forças de segurança de Chapecó e com a Secretária de Educação, Astrit Tozzo acontece na escola. Alguns vereadores também foram até a escola. A Secretária de Educação conversou com o ClicRDC sobre o fato.

Fonte: Clic RDC


Comente