SC

Rifa de carro ano 76 do avô para ajudar a pagar curso de medicina da neta tem todos bilhetes vendidos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A família do morador de Blumenau, no Vale do Itajaí, que resolveu rifar seu Fusca 1976 para pagar as mensalidades atrasadas da universidade de medicina da neta, vendeu os mil números necessários e conseguiu quitar o valor que estava pendente com a instituição de ensino particular.

Segundo Pietra Bianca, de 19 anos, houve registro de compra de vários lugares do Brasil. A jovem está no segundo semestre do curso de medicina.

“A repercussão foi muito grande, veio gente de vários lugares do Brasil comprar. Eu e todos aqui em casa estamos muito ansiosos para saber quem vai ganhar”, disse Pietra.

Receba notícias eu seu WhatsApp, clique Aqui

O sorteio será realizado pela Loteria Federal e está previsto para acontecer no próximo sábado (14). O último número da rifa foi vendido na quinta-feira (5). Dois dias antes, a família só havia conseguido vender 200 bilhetes.

O automóvel é do avô dela, Walter Lautenschlager, de 69 anos. Ele é aposentado e havia comprado o Fusca há cerca de dois anos e fez uma reforma completa recentemente. Mesmo tendo que se desfazer do veículo, Pietra conta que o avô está contente. “Ele tá muito feliz que deu certo”, diz.

A jovem começou a cursar medicina em 2021, mas atrasou quatro mensalidades por falta de dinheiro. A dívida acadêmica era de aproximadamente R$ 28 mil e como o curso é integral, ela não conseguia trabalhar para ajudar nas despesas. A rifa ajudou a colocar os valores atrasados em dia.

Rifa

A iniciativa “Ajude a Pietra a ser Médica” começou em julho e foi feito com o objetivo de viabilizar os estudos da jovem em uma universidade particular da região.

Receba notícias do Alto Vale e Santa Catarina pelo Telegram

“Inicialmente, a ideia era apenas vender o Fusca para poder quitar as mensalidades atrasadas, mas minha mãe, conversando com um amigo de trabalho,veio com a ideia da rifa, então decidimos fazer”, diz Pietra.

Nas redes sociais, um perfil foi criado para acelerar as vendas e mostrar o veículo aos participantes.

Divida quitada

Segundo a estudante, a instituição pretende oferecer um desconto 25% nas mensalidades daqui para frente.

Com a dívida quitada, ela agora tenta formas de obter recursos para seguir cursando a faculdade, como bolsa estudantil ou financiamento acadêmico para realizar sonho de criança de ser médica.

Ela também diz que não vai medir esforços para agradecer o avô, que mesmo apegado ao carro, “não hesitou em vendê-lo” para ajudar a neta.

“Minha maior vontade é poder compensá-lo no futuro, proporcionando a ele e minha família uma vida boa e sem tantas preocupações como agora. Quero realizar os sonhos dele, assim como ele está realizando o meu”, afirmou a estudante.

Fonte: G1 SC


Comente