Rio do Campo

Rio do Campo completa 59 anos; conheça a história do município

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O município de Rio do Campo, no Alto Vale do Itajaí em Santa Catarina, completa, nesta terça-feira (29), 59 anos de fundação.

A história de sua colonização tem origem na Guerra do Contestado, quando alguns fugitivos desceram a Serra Geral fixando-se nas localidades de Rio Azul e arredores. Foram registrados conflitos entre posseiros em Taiozinho. Desmembrou-se de Taió no dia 29 de dezembro cuja data é o nome da rua principal da cidade.

O município tem influência da colonização italiana, alemã, caboclo-brasileiro e polonesa. Rio do Campo pertenceu, sucessivamente à Blumenau, Rio do Sul e Taió.

A base da economia do município encontra-se na agropecuária, formada por minifúndios na sua maioria. Na agricultura destaca-se a cultura do arroz irrigado, fumo, milho e feijão e a bovinocultura de leite e corte. Também se destaca na produção de papelão tipo couro e industria moveleira.

As belezas naturais, especialmente as cachoeiras Varaneira e Salto do Rio do Oeste, são os maiores atrativos de Rio do Campo. O Morro São Roque, com ótimo acesso a partir da SC-114, tem belíssima vista panorâmica do município, constituído por um grupo de famílias vindas do interior, da Serra Geral, em 1916. Depois, em 1922, chegaram os colonos do Vale do Itajaí.

*Com informações de Amavi, Governo do Estado e Câmara de Vereadores de Rio do Campo


Comente