Brasil

Sem oxigênio, Amazonas pede que estados recebam 61 bebês

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O governo do Amazonas pediu a outros Estados que recebam 61 bebês recém-nascidos devido ao desabastecimento de oxigênio no Estado após o colapso na Saúde causado pela alta de casos de covid-19.

+ Faça parte do nosso grupo de Notícias no WhatsApp, clique Aqui!

O pedido, relatado pelo presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Carlos Lula, foi confirmado pela Reuters.

A Secretaria de Saúde do Amazonas confirmou o pedido, mas não entrou em detalhes sobre o número de crianças que serão de fato transferidas e disse que o pedido faz parte da solicitação feita na quinta-feira (14) para que demais locais recebam pacientes do Estado.

“A secretaria informa que os recém-nascidos serão transferidos a partir da autorização dos pais e serão acompanhados pelas mães”, disse a secretaria amazonense em nota.

Fonte: R7

Comente