Política

Senador catarinense é taxado como traidor do governo: “Vive no gabinete do presidente levando biscoito!”

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Em uma derrota para o governo federal, o Senado Federal decidiu, nesta quarta-feira (20), derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro que impedia a concessão de reajustes a algumas carreiras do funcionalismo público até o fim de 2021. 

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

O Palácio do Planalto está creditando a derrota a três senadores, que tinha como aliados. O adjetivo mais suave pelo qual o trio é chamado é “traidores”.

– Izalci Lucas, que deve perder o cargo de vice-líder do governo;

Jorginho Mello, que “vive no gabinete do presidente levando biscoito para o presidente”;

– Soraya  Thronicke, “que anteontem fez questão de acompanhar Bolsonaro em sua viagem a Corumbá”.


Comente