Alto Vale

Servidora pública morre vítima da Covid-19 no Alto Vale

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A Administração de Ituporanga lamenta informar o óbito da servidora Marystela Sens, ocorrido nesta segunda-feira, 12, aos 51 anos, vítima de complicações da COVID-19. Servidora pública por aproximadamente 15 anos, atualmente trabalhava na Secretaria de Agricultura como auxiliar de serviços gerais.

Marystela positivou para a doença no dia 22/03 quando foi afastada das funções e precisou ser internada no Hospital Bom Jesus (HBJ) no dia 28/03 quando foi intubada e no mesmo dia transferida para leito de UTI no Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Gaspar e faleceu hoje (12) depois de 15 dias de internação. É a primeira servidora do município que veio a óbito em virtude de complicações da doença.

Sempre alegre e de bom humor, na Secretaria de Agricultura ao lado do companheiro Valdir Rengel, também servidor público, produzia as mudas das flores que hoje embelezam o município.

Marystela deixa além do companheiro, dois filhos, nora e genro e dois netos.

Em nome de toda a equipe da Secretaria de Agricultura, a Administração Municipal manifesta condolências aos familiares e amigos.

LUTO OFICIAL

Em virtude do falecimento a Administração Municipal decretou luto oficial de um dia em Ituporanga, extensivo também pelo falecimento da servidora da educação Adriane Espindola, ocorrido em 28 de fevereiro.

44 ÓBITOS EM VIRTUDE DA COVID

Com a morte da servidora, Ituporanga contabiliza 44 óbitos devido a complicações da COVID-19 desde o início da pandemia.

Na semana passada a Administração chegou a suspender o expediente e o atendimento nas repartições públicas para evitar a propagação da doença devido a casos positivos entre os servidores. Os trabalhos foram retomados nesta segunda-feira, 12, com pelo menos 29 servidores positivados e afastados. Na Secretaria de Agricultura, dois servidores seguem afastados das funções.


Comente