Brasil

STF derruba habeas corpus e manda prender os quatro condenados da Boate Kiss

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, nesta terça-feira (14), a suspensão do habeas corpus dos quatro condenados do julgamento da Boate Kiss. A medida atende a um pedido do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), e faz com que eles possam ser presos.

RECEBA NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP, CLIQUE AQUI

O julgamento do caso, um dos mais longos da história do Rio Grande do Sul, foi concluído na sexta-feira (10). Pela decisão do juiz Orlando Faccini Neto, todos deveriam cumprir as penas, inicialmente, em regime fechado. A execução, porém, não havia começado e os condenados estavam em liberdade graças ao habeas corpus preventivo. 

RECEBA NOTÍCIAS DO ALTO VALE E SANTA CATARINA PELO TELEGRAM

Um dos donos da Kiss, Elissandro Spohr recebeu as maiores penas. Ao todo, ele foi condenado a 22 anos e 6 meses de cadeia. O outro sócio, Mauro Hoffmann, deverá cumprir 19 anos e 6 meses. Já os integrantes da banda Gurizada Fandangueira, o músico Marcelo de Jesus dos Santos, e o produtor Luciano Bonilha foram condenados a 18 anos de reclusão, cada.

Fonte: SCC10


Comente