Santa Catarina

Violenta colisão deixa cinco pessoas feridas em Santa Catarina

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Uma violenta colisão frontal deixou cinco pessoas feridas, próximo a ponte do rio Chapecó, entre Nova Erechim e Nova Itaberaba, no Oeste de Santa Catarina. O fato aconteceu na tarde deste domingo (01). O trânsito no local foi interrompido para o atendimento da ocorrência.

+ Faça parte do nosso grupo de notícias no WhatsApp, acesse aqui!!

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a colisão envolveu um Ford/Fiesta, de Arroio do Meio (RS) e um Chevrolet/Celta de Saudades (SC). Duas pessoas estavam no Fiesta. A condutora, uma mulher, de 40 anos, estado estável, presa às ferragens, com ferimento no tórax causado pelo cinto de segurança e luxação no punho direito. Ela foi retirada do veículo pela porta do carona. A outro ocupante era um homem, de 43 anos, que se queixava de dores abdominais e no peito. Ele não apresentava ferimentos aparentes.

Os bombeiros informaram que três pessoas estavam no Celta. Foi atendido um homem, de 24 anos, que saiu do veículo sozinho e deitou-se ao lado da rodovia. Ele se queixava de dores no peito e relatou ter cuspido sangue. Uma jovem, de 19 anos, ficou presa dentro do veículo e foi retirada pela porta traseira. Ela apresentou ferimento na cabeça, com suspeita de trauma crânio encefálico.

A outra vítima do Celta foi um homem, de 23 anos, que foi ejetado do veículo. Ele apresentava suspeita de fratura do fêmur direito e ombro, suspeita de TCE com laceração do couro cabeludo, suspeita de hemorragia interna e diversas escoriações pelo corpo. O homem foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado pela aeronave do Serviço AeroPolicial de Fronteira/Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico (SaerFron/Sara) para o Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó (SC).

Os bombeiros informaram que os veículos foram retirados do local, com o auxílio de um guincho. Os socorristas jogaram cimento na rodovia, pois havia muito óleo na pista. O local ficou aos cuidados da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As causas do acidente não foram informadas.


Comente